Páginas

sexta-feira, 21 de abril de 2006

Eu vou te explicar.
Mas, é complicado entender até o que tá na ponta do nariz.
Podia ser qualquer coisa, qualquer imagem, podia ser tudo, mas eu não sei o que era.
Pode ser um vidro cristalino, um livro aberto, enfim podia ser qualquer coisa.
Podia ser uma conexão direta com o submundo digital,
Podia ser uma viagem astral a um mundo inexistente,
Podia,Podia,Podia...
Eu posso ficar aqui citando os "podias" até você cansar, mas pra que perder meu tempo, já que sua mente fechada não vai entender.
Mas, afinal, o que é?
É o sentimento mais secreto e obscuro da sua vida.
Não, Não é pra tanto, é uma coisa simples, até diária, fútil, estúpida, comum.
Quantos adjetivos serão necessarios pra expressar o que realmente é?
Acho que você já sabe o que é, ou talvez não saiba, talvez tenha passado tudo despercebido, talvez seja azul, talvez não.
Eu podia até te contar, mas eu não sei se é realmente isso que você quer.
Eu Podia até fazer você entender, mas você vai esquecer.
Eu podia até divulgar, mas, pra que?
Eu não vou te explicar.




Player:
Tigertailz - Love Bomb Baby


By:
//Roxxx' Star.

terça-feira, 18 de abril de 2006

Amigo

amigo, chega aqui em casa.
vem assistir um filme, comer uma pizza,
tomar um guaraná.
vem conversar,
vem falar, vem me ouvir e vem gritar comigo.

vem me abraçar, me fazer carinho,
me dizer o que ninguém diz.
vem me mostrar como um dia frio pode ficar quente
com a ajuda dos teus abraços.

vem segurar a minha mão,
vem me pedir em casamento,
vem dançar a música dos anjos
e falar a língua do amor.

vem me mostrar o tesouro,
vem andar comigo pelo arco-íris.
vem comer as maçãs maduras comigo.
vem sentar do meu lado quando eu estiver sozinho.

vem ouvir uma música, encenar um filme,
vem contar uma piada e vem me fazer sorrir.
vem chorar comigo, vem enxugar as minhas lágrimas,
e me mostrar aonde fica o seu ombro.
vem me mostrar como ele é seguro, e como eu posso guardar
minhas lágrimas sem medo.
vem me mostrar aonde fica o seu coração
e, então, aonde eu possa descansar a minha alma.

vem me mostrar o teu colo e me dizer aonde eu possa dormir,
e, então, você fechará os olhos... e olhará pra mim.
me sentindo do jeito que sou, como eu sou, como eu posso ser.
e, então...
sorrir pra mim
gritar pra mim
cantar pra mim
dancar pra mim
viver comigo.

não tem explicação,
explicação pra minhas lágrimas e pros meus sorrisos,
pros teus abraços,
pras estrelas e nem pros mares.
nem pro horizonte.

tentei chorar e não consegui,
porque a gente ainda acredita que tudo é pra sempre.
mesmo sem explicação...

por que é tudo como o verão e como o inverno
como a noite e o dia
como uma amizade.
e, como através dos oceanos e das estrelas
eu ainda posso ouvir sua voz,
mesmo sem explicação.

(Thacle de Souza Pinheiro)

segunda-feira, 17 de abril de 2006

qual o problema?
o problema é que eles de fora não se importam conosco.
e um problema maior é que você se importa com isso.

só que você não precisa do apoio deles, muito menos de seus
elogios hipócritas e falsos, ou ainda sorrisos desonestos e uma
amostra de sua beleza superficial. nem ao menos seus abraços
artificiais e seu toque repugnante que te julga, te seleciona e te
escolhe (se você tiver a 'sorte').

o que você precisa?
não vou me fixar ao trato na sua cara, no seu corpo. isso você
já deve perder bastante tempo discutindo com o espelho, discutindo
com a única coisa que te mostra como você é, sem frecuras, sem
julgamento, sem seleção. talvez você só deva olhar pro espelho sem
chiar e ver como é a tua cara sorridente, olhar através dos seus olhos
e procurar algo mais do que uma cara bonita. ver se você consegue
encontrar a tua própria alma além dos seus olhos. sem nenhum
julgamento, sem nenhuma superficialidade.

se você parar de chorar para olhar pra si mesmo enquanto sorri,
talvez você parasse de chorar por se achar tão feio e tão repugnante.
você é repugnante enquanto achar que é.
eu acho que você é.
e aí?
não ache, não se importe.
sorria e viva.


player :: placebo - burger queen
by Frostyx ©

domingo, 16 de abril de 2006

Well.



Sinceramente eu queria falar alguma coisa muito foda.
mais tou com uma puta preguiça de escrever.


Esse blog vai ser uma coisa totalmente imprevisivel,
eu mesmo não tenho idéia do que vai ser postado aqui.


Mais a gente (Me n' Frostyx) promete que só vai ter coisa foda.




That's all for today.




C-ya!





//Roxxx' Star.